Há três coisas que devem ser evitadas na vida: inimigos, ódio e bondade.

Procuro evitar os três, mas ainda não existe a fórmula da perfeição. 

Por isso vagueio por aí, entre o bem e o mal.

 

início | petit papillon | reflexões | poemas | stórias | curiosidades

24 de Janeiro de 2009

Se já nos conformamos em não saber o sexo dos anjos porque é damos tanto valor a idade?

 

Parabéns! Quantos são?, são as primeiras palavras que ouvimos quando chegamos àquela data... pior do que chegar nela é constatar que a cada ano o número aumenta e, depois dos 20 esse número cresce a uma velocidade astronómica!

 

Para fazer face a essa terrível constatação decidi que a partir deste ano festejo o dia do meu nascimento e nunca o dia em que àquele número cresce mais um degrau. Acho justo, festejar e renascer uma vez por ano do que olhar para àquela data como a que indica o fim de mais um ciclo, resumidamente... o envelhecimento!

 

Bom não entendam que envelhecer não é bom, mas festeja-lo é demais!!

 

E como desde cedo aprendi que o sexo dos anjos é tabu, melhor, ele nem existe... também nunca me preocupei com a idade deles, por isso, se até a idade é um assunto secundário no mundo dos anjos porque não há de ser no dos humanos.

 

A próxima vez que eu ouvir a pergunta: Quantos são?, a resposta só pode ser uma: O suficiente para continuar a VIVER e o insuficiênte para morrer, (por enquanto )

vôo de Hildmel às 14:53

Hora de nha terra
Petit Papillon
pesquisar
 
vôos recentes
vôs antigos
blogs SAPO