Há três coisas que devem ser evitadas na vida: inimigos, ódio e bondade.

Procuro evitar os três, mas ainda não existe a fórmula da perfeição. 

Por isso vagueio por aí, entre o bem e o mal.

 

início | petit papillon | reflexões | poemas | stórias | curiosidades

24 de Novembro de 2008

 

Vamos lá fazer um bocadinho de exercício de português? Popularmente diz-se:

 

"Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro."
      Correcto: "Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro."

      "Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão."

 Correcto: "Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão."

           "Quem tem boca vai a Roma."
      Correcto: "Quem tem boca vaia Roma." (do verbo vaiar)

       "Cuspido e escarrado"
      Correcto: "Esculpido em Carrara." (tipo de mármore)

     "Quem não tem cão, caça com gato."
      Correcto: "Quem não tem cão, caça como gato"... ou seja, sozinho!

 

Resta saber se queremos falar correctamente ou preferimos o "enriquecimento" popular. Para mim é difícil, pois prevalece a força do hábito. 

vôo de Hildmel às 19:38

Sisi:
E esta hein???!!! Por mais que se tente, o hábito é mais forte :P
5 de Dezembro de 2008 às 15:31

Hora de nha terra
Petit Papillon
pesquisar
 
vôs antigos
blogs SAPO