Há três coisas que devem ser evitadas na vida: inimigos, ódio e bondade.

Procuro evitar os três, mas ainda não existe a fórmula da perfeição. 

Por isso vagueio por aí, entre o bem e o mal.

 

início | petit papillon | reflexões | poemas | stórias | curiosidades

04 de Novembro de 2008

Numa conversa de final de dia estive a recordar os "tempos passados".  Na temp d'caniquinha em que nos escondíamos debaixo da mesa a ver a novela e no outro dia íamos tentar as manobras de beijos com as primas/os, os namorados/as.

 

Na temp d'caniquinha, ainda mal saídos da casca, arranjamos aquele "txuxe" e namoramos as escondidas nos becos das ruas ou no cimo das rochas. E quando apresentávamos os namorados/as em casa passavamos a namorar na escada de casa e a mãe lá de cima a chamar de cinco em cinco minutos "hora d'sbi".

 

Na temp d'caniquinha, quando se faz aquela "paródia" com os amigos em casa com base na "batata q'ovo" e acabamos por beber àquele ponche da mãe ou do pai... uiuiui... as consequências!

 

Na temp d'caniquinha, aqueles bailes de "malta", os convites com meses de antecedência, aquele comportamento irrepreensível durante semanas, o bom aproveitamento escolar, tudo num esforço terrível para não receber um não naquele dia tão desejado. Pa bá espiá menininha de gente, bá guitá boizin de zona

 

Na temp d'caniquinha, temp que gente ta vive sabe na mundo! Tudo isso parte da vivência e do espítito de qualquer cabo-verdiano.

 

vôo de Hildmel às 16:33

Djeise:
Ah quel temp que ate gote de Mane jon tava ingorda na gemada ... imagina cotôd, grinhacin el ta f'ka so ta tchora ques temp cum lagrima na cont d'oi pq se cretcheu parti pa terra longe e tchal chei de sodade de ques namore debos de escada, ques fistinha de malta, ques pitzada de tarde, ques bijin na furtin ... ai ai got de Mane jon ta mm triste se nada pa nimal esse fome de se cretcheu.
Temp de caniquinha era sabe devera
Bom artigo sim senhor
4 de Novembro de 2008 às 18:11

moss 1 esquecé de ques pizzada junte ma ques caipirinha mariadin. Hehehe caniquinha bedj ê prob sabim.
4 de Novembro de 2008 às 21:47

Sisi:
Temp d'caniquinha quando ficamos horas a fio no telefone com a melhor amiga a contar coisas sobre os "boys", e depois no final do mês chega aquela conta de telefone e aquela "guerra" dos nossos pais. :P
18 de Novembro de 2008 às 11:39

Bem lembrod... lista interminável de números... quem nunca teve ess experiencia é pa fca calod
18 de Novembro de 2008 às 14:44

Como o prometido é devido, pois bem aqui estou eu (eu sei… venho tarde, mas tudo tem o seu tempo) … não sei bem por onde começar … foram tantas as vivencias de Temp d'caniquinha .

Para além de horas a fio ao telefone, de ques pizzada , também tinha quem tava aproveita quando mãezinha e paizinho ká tá estod na casa pá namora na escondi na porton de casa ou debaixo de escada, e também faze uns spaguetadas escondi na casa de uma amigo pa oia film onde desculpa era traboi de grupo ups ! Acho que estou a falar de mais… ahahah !

Bom o resto é segredo e pertence aos Deus!

Abraç
19 de Novembro de 2008 às 16:32

hehehe... que filmes eram esses!!! Uhm namorá na porton, bem lembrob... camin de c'mida de tchuk ê camin mas seguro pá namorá gatchadin, sima música ta dzé, pa "diab cá oiá"
21 de Novembro de 2008 às 11:15

Hora de nha terra
Petit Papillon
pesquisar
 
vôs antigos
blogs SAPO