Há três coisas que devem ser evitadas na vida: inimigos, ódio e bondade.

Procuro evitar os três, mas ainda não existe a fórmula da perfeição. 

Por isso vagueio por aí, entre o bem e o mal.

 

início | petit papillon | reflexões | poemas | stórias | curiosidades

25 de Outubro de 2008

 

Imagem aqui


A dança é uma das três principais artes cénicas da Antiguidade, ao lado do teatro e da música. Caracteriza-se pelo uso do corpo seguindo movimentos previamente estabelecidos (coreografia) ou improvisados (dança livre). Na maior parte dos casos, a dança, com passos cadenciados, é acompanhada ao som e compasso de música e envolve a expressão de sentimentos por ela potenciados. Saber mais aqui!


Programada ou não, articulada, solta, compassada ou descompassada a música envolve emoção, une, faz sonhar e voar, viver e reviver, perpetúa a alegria, o riso e a saúde. A  descrição mais perfeita de que me recordoé a de Baltazar Lopes quando escreve: "A melodia é cimento que uniu numa infinidade de segundos, destinos divergentes." (in Chiquinho)


Um dos ritmos esquecidos da actualidade cabo-verdiana é o Lundum ou Lundu, que segundo os antigos era bailado em Cabo Verde, principalmente na ilha de São Nicolau. Confesso que nunca tive o prazer de ver esta dança em acção o que aguça a minha curiosidade. Esta minha vontade de descobrir mais é motivada pela antiguidade e pela miscigenação da forma como o ritmo é descrito.


O lundu ou lundum é um género musical contemporâneo e uma dança brasileira de natureza híbrida, criada a partir dos batuques dos escravos bantos trazidos ao Brasil de Angola e de ritmos portugueses. Da África, o lundu herdou a base rítmica, uma certa "malemolência" e seu aspecto lascivo, evidenciado pela umbigada, os rebolados e outros gestos que imitam o ato sexual. Da Europa, o lundu, que é considerado por muitos o primeiro ritmo afro-brasileiro, aproveitou características de danças ibéricas, como o estalar dos dedos, e a melodia e a harmonia, além do acompanhamento instrumental do bandolim. Saber mais aqui!

  

A minha dança de eleição, não porque a saiba dançar, mas pela magia, envolvência, sedução, romantismo, técnica e elegância, elementos necessários para esta expressão corporal realizada por todos deste o ventre materno.

Milonga de amor por Gotan Project, mentores do Tango Electrónico

 

 

vôo de Hildmel às 19:03

Hora de nha terra
Petit Papillon

ver perfil

seguir perfil

8 seguidores
pesquisar
 
vôs antigos
blogs SAPO